Copy of Connaissez-vous vraiment le (2)

Qual é o equivalente japonês do eBay?

via White Rabbit Express Serviço de Compra Proxy

2018 M11 7

É provável que tenha procurado "eBay Japão" no Google e não tenha encontrado nada, exceto esta página. É normal! O eBay não está disponível no Japão desde 2004, mas estão disponíveis muitas alternativas japonesas.

Como comprador proxy, o White Rabbit Express está muito bem informado sobre sites de comércio eletrónico japoneses. Na verdade, compramos e enviamos diariamente centenas de produtos que normalmente só estão disponíveis no mercado japonês para os nossos clientes no estrangeiro. Portanto, usamos regularmente sites de comércio eletrónico que funcionam como o eBay, mas que são mercados puramente japoneses.

Neste artigo, apresentamos diversas alternativas ao eBay no Japão. Esperamos que isto o ajude na sua procura de produtos japoneses. Também o convidamos a consultar o nosso serviço de compra proxy se tiver algum problema ao comprar um desses itens.

o eBay esteve no Japão

No passado, o eBay tentou conquistar o mercado japonês. De fato, uma versão japonesa deste líder de mercado foi lançada em 2001. Mas esta tentativa de se expandir para um dos principais mercados asiáticos provou ser um fracasso. Como resultado, os leilões foram interrompidos em 2002 e o site foi encerrado em 2004.

Como muitas outras empresas ocidentais antes, o eBay não compreendeu as diferenças culturais japonesas, que é um critério essencial para ser bem-sucedido neste país. O grupo americano achou que simplesmente o seu nome seria suficiente para trazer clientes sem ter que fazer esforços de adaptação e comunicação.

O seu fracasso foi estrondoso, mas permitiu que vários sites japoneses emergissem num mercado que continua a crescer.

Alternativas ao eBay no Japão

Existem cinco alternativas populares ao eBay no Japão. Nesta parte, explicamos detalhadamente como estes sites de comércio eletrónico japoneses funcionam e o que os diferencia uns dos outros.

Yahoo Auctions, o leiloeiro líder japonês

Depois da rápida partida do eBay, o Yahoo ficou sozinho no mercado japonês. Hoje, o Yahoo Auctions é a plataforma de leilões online líder do Japão. Mesmo que este serviço (paradoxalmente) já não esteja disponível nos Estados Unidos, onde não teve sucesso.

Mais de 30 milhões de leilões acontecem todos os dias neste site. Mas o Yahoo não pára por aí, uma vez que também oferece a possibilidade de indivíduos venderem a preços fixos os seus itens em segunda mão. Todos estes anúncios fazem do Yahoo.co.jp o segundo site mais visto na web japonesa.

É difícil comprar produtos de leilão no Yahoo Auctions Japan quando não se vive no País do Sol Nascente. Felizmente, criamos um guia que o irá ajudar a entender melhor como este site funciona. Não hesite em dar uma olhada!

Saiba mais: Como comprar no Yahoo Auctions Japan do estrangeiro?

Apesar deste grande domínio no setor dos leilões, o Yahoo não detém o maior site de comércio eletrónico do Japão. É a Rakuten que ocupa o primeiro lugar.

Rakuten, o gigante do comércio eletrónico japonês

Rakuten é sem dúvida o mais sério concorrente do Yahoo Auctions no Japão. Este site baseado em Tóquio é o maior comércio eletrónio do Japão e é uma das maiores empresas de Internet do mundo.

O negócio da Rakuten não pára nas fronteiras japonesas, uma vez que a sua principal plataforma de vendas está disponível em mais de vinte países. Além disso, o líder japonês compra grandes sites de comércio eletrónico estrangeiros para adquirir cotas de mercado mais rápido fora do Japão.

A Amazon do Japão

A Rakuten é muitas vezes apelidada de "Amazon do Japão", mesmo que a Amazon tenha uma versão japonesa popular. A operação do site é muito próxima da do líder de comércio eletrónico americano - e do eBay. Vendedores externos podem apresentar os seus produtos nas suas próprias lojas virtuais hospedadas pela Rakuten. Esta funcionalidade é uma opção conveniente para pequenos comerciantes que não têm necessariamente competências técnicas suficientes para ter uma presença séria na web. Assim, você encontrará muitos artesãos e vendedores japoneses de produtos em segunda mão nesta plataforma.

Mas a Rakuten não tem controlo hegemónico sobre as vendas online. Emergiram muitas plataformas especializadas em vendas C2C com o crescimento da Internet móvel.

Mercados C2C japoneses

Três aplicações japonesas de consumidor para consumidor tornaram-se marcos das compras online em apenas alguns anos.Mercari, Rakuma (formerly Fril) and Otamart (on Android and iOS) são três alternativas sérias ao eBay no País do Sol Nascente.

As três aplicações líder

Mercari é a figura de referência desta nova tendência no comércio eletrónico. Este mercado japonês foi estabelecido em 2013. Em poucos anos, tornou-se a aplicação de vendas de retalho para particular mais popular do Japão. Mais de 10 bilhões de ienes são negociados nesta aplicação todos os meses.

A Rakuten não quer deixar que pequenas startups tirem a sua cota de mercado. Foi por isso que lançaram a sua própria aplicação de vendas de indivíduo para indivíduo: Rakuma. Se este mercado ainda não conseguiu destronar a Mercari, ocupa um honroso segundo lugar à frente da Otamart.

Otamart é um pouco diferente dos dois principais concorrentes, uma vez que tem como alvo os fãs da cultura popular japonesa, já para não mencionar o "otaku". Você encontrará muitos tesouros de séries de anime e mangas populares no Japão.

Aplicações perfeitas para uma sessão de compras móvel!

Estas plataformas estão totalmente adaptadas às especificidades culturais japonesas com diferentes funcionalidades. Por exemplo, a Mercari permite-lhe enviar os seus itens através de um konbini, o que facilita significativamente a venda entre indivíduos. Além disso, o comprador e o vendedor nem precisam de saber o nome e a morada do seu interlocutor, o que é uma vantagem para a privacidade e segurança dos seus utilizadores.

A oferta de comércio eletrónico no Japão é, portanto, muito mais moderna do que a oferecida pelo eBay no resto do mundo.

Mercados apenas para japoneses?

Infelizmente, é impossível para as pessoas que não vivem no Japão comprarem nestas plataformas sem usar um serviço de compra proxy como o White Rabbit Express. Além disso, a maioria destes intermediários não suporta estas plataformas porque exigem mais trabalho da sua parte do que os sites tradicionais.

No White Rabbit Express, aceitamos todas as encomendas, mesmo as da Mercari, Otamart ou Rakuma. Escrevemos vários guias a explicar como funcionam, de modo a ajudá-lo a comprar produtos usados no Japão.

Saiba mais: Como comprar na Mercari Japão do estrangeiro?

Como comprar nestas plataformas do estrangeiro

Como dissemos na seção acima, não é fácil comprar nestes sites que são a maior parte das vezes reservados para clientes japoneses. Foi por isso que criamos o White Rabbit Express, um serviço de compra proxy que tem comprado de sites japoneses para clientes estrangeiros desde 2005.

É possível um regresso do eBay ao Japão?

Não é impossível que o eBay tente novamente em vários países asiáticos, incluindo o Japão. Em 2018, o grupo americano comprou a Qoo10, uma plataforma de vendas japonesa por mais de 500 milhões de dólares. A Qoo10 não é um site pequeno, uma vez que já vendeu produtos para mais de dois milhões de clientes.

Em breve poderemos ouvir falar novamente sobre o eBay no País do Sol Nascente. Enquanto isso, a Mercari, Rakuten (e a sua aplicação Rakuma), Yahoo Auctions e Otamart são fontes seguras para comprar produtos japoneses.

Michaël da Silva Paternoster profile photo
Sobre o autor,

Michaël da Silva Paternoster

Head of Growth at White Rabbit Express.